segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Os gritos do Brasil e do mundo pela paz

Leia aqui as notícias das principais manifestações que estão ocorrendo no Brasil e no mundo pelo cessar-fogo imediato em Gaza:



Clique na imagem para acessar a notícia

















Leia ainda:


2 comentários:

Pablo BERNED disse...

"É curioso. Os países imperialistas aparecem como paladinos da democracia, exigiram eleições na Palestina e chegaram a monitorá-las. O Hamas se apresentou como força política, aceitou jogar as regras eleitorais e foi o vencedor daquelas eleições por conta de sua força política. Porém, esses mesmos países que supostamente defendem a democracia não reconheceram a vontade do povo palestino. Ou seja, para eles as regras democráticas só valem se uma determinada força ganha a eleição. A não aceitação dos resultados eleitorais e o anúncio do bloqueio dos fundos da Palestina feitos por Israel, Estados Unidos e União Européia certamente contribuíram para deteriorar a situação, que culminou com o sítio a Gaza, inviabilizando o suprimento do território em gêneros de primeira necessidade e medicamentos. O problema, portanto, não está no fato de ser o Hamas, islâmico e xiita. O problema é que Israel, os EUA e a UE não aceitam a emergência de forças da Resistência nacional. O mesmo acontece no Líbano com o Hezbollah".
José Reinaldo Carvalho
http://somostodospalestinos.blogspot.com/2009/01/secretrio-do-pcdob-defende-condenao-do.html

Links Interessantes:

A CARTA DO REI ABDÁLLAH
http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/a-carta-do-rei-abdallah/
“Esse fascinante ensaio, escrito pelo avô do rei Hussein, Rei Abdállah I, foi publicado nos EUA seis meses antes do início da Guerra de 1948, entre israelenses e palestinenses".

A CARTA DE URI AVNERY A BARACK OBAMA
http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/a-carta-de-uri-avnery-a-barack-obama/
Esta é uma carta aberta escrita por Uri Avnery, 85 anos, ex-deputado do Knesset, soldado que ajudou a fundar Israel em 1948 e que há décadas milita pela paz. A tradução ao português é de Idelber Avelar. O obrigado pelo envio do link vai ao Daniel do Amálgama. O pedido de divulgação vai a todos os que desejam uma paz duradoura, nos termos já reconhecidos pela comunidade internacional.

GILLES DEULEUZE, SOBRE A PALESTINA
http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/gilles-deleuze-sobre-a-palestina/
Publicado originalmente no Le Monde, 7/4/1978 e, depois, em DELEUZE, Gilles. Deux régimes de fous. Textes et entretiens, 1975-1995. Paris: Minuit, 2003. Org. de David Lapoujade.

Dorilda disse...

estou acompanhando sim!!!!!!!!!!é terror e mais terror!!parece que não vivem sem isso naquele país!!! então chegamos a conclusão que é melhor nosso Brasil mais calmo mesmo com as corrupções1abraços....